E agora...

[Segunda-feira, 29 de abril de 2013]

...ainda tenho que esperar até sexta-feira sem surtar.

Hoje coloquei em prática o mandamento nº 15: "não ter medo de pedir ajuda" e considerei, depois de muito tempo, desistir... O fato é que pra variar eu recebi mais uma notícia desanimadora e, como tem acontecido, eu só consigo imaginar tudo de ruim que pode vir depois e, lógico, me desespero. Às vezes eu penso que não vale a pena tanto sofrimento por uma coisa que eu sequer quero de verdade, é só uma obrigação. Mas aí eu consigo me acalmar, o que eu já considero grande coisa e lembro a mim mesma de continuar com o plano.

E que venha a sexta-feira, então. Na pior das hipóteses, saio da UnB direto pro shopping comprar meu ingresso pro Yes pra morrer de chorar por três horas seguidas.

Acho incrível...

[Segunda-feira, 29 de abril de 2013]

...o poder de uma coisa que ainda nem existe conseguir me fazer chorar TANTO. Olha, juro que se eu sobreviver a esse ano, eu sobrevivo a qualquer outra coisa.



Novidade terapêutica

[Quinta-feira, 25 de abril de 2013]

Tenho um DIVÃ, hey hey hey hey! Faltei dar pulinhos quando cheguei na nova sala, sempre sonhei secretamente em ser atendida em um divã haha!



No mais, a sessão em si não teve nada digno de comemoração, pelo contrário. É sempre assim, numa semana eu dou um passo para frente e, na outra, dois para trás. É por isso que fica essa sensação de não conseguir sair do lugar... e esse sentimento frustrante de tudo para mim acontecer devagar - lógico que não são "as coisas" que não acontecem, mas EU, mas enfim. A questão agora é não pensa em termos de culpa, mas sim de responsabilidade e, principalmente, ATITUDE, que é o que mais me falta no momento. No mais, saí de lá bastante assustada, mais do que nunca. Acho que eu andei ignorando muita coisa importante, certamente não de propósito, mas ele disse que era tudo muito evidente. E não foi nada fácil conseguir dormir ontem.


Enfim, depois eu falo mais - ou não. Outra coisa realmente interessante foi ver comentários de gente que se identifica comigo. O 1º, do Alexandre, eu vi depois de chegar bêbada de um churrasco, então pense se eu não fiquei muito emotiva. É que, gente, realmente eu achei que eu fosse a única (além de uma prima minha que tá adiando a dela desde o 2º/2009, mas aí pensei que podia ser de família) e meio que sempre morri de vergonha disso. Depois comento melhor e talvez escreva novamente sobre todo o processo, não só para vocês mas para mim mesma, porque tem dias (quase todos) que eu me pergunto como eu cheguei nesse ponto e como isso se tornou minha vida, a ponto de muitas coisas terem perdido a importância e parado de fazer sentido.

Ô, meu Deus!

[Domingo, 21 de abril de 2013]

Hoje (ontem) conheci uma menina de 18 anos tão linda, inteligente e talentosa... e ela ME achando a pessoa mais foda do Universo porque eu passei na UnB, sou concursada, sou formada em inglês desde 2002 e conheci Paris em janeiro. Deu vontade de trazer para casa, de TÃO linda.

PAZ

[Quarta-feira, 17 de abril de 2013]

Queria MUITO escrever hoje, mas tenho um pacto comigo mesma de não escrever às quartas: as quartas são só para sentir. Para quem não entendeu, quarta é o dia que eu tenho terapia, e eu sigo todo um ritual nesses dias.

Enfim, tirei um peso de 52 kg dos meus ombros e estou MORRENDO de sono, quem diria! Dormirei pelo menos oito horas hoje, #Ê! E pensar que segunda-feira eu temi que eu realmente pudesse adoecer de novo... ele me pediu para investigar esses "choros", tenho quase certeza que é medo, de quê eu não sei, mas sei que tenho me sabotado e me punido TANTO que quando finalmente consigo dar um passo adiante isso me perturba de uma forma que eu não sei explicar. Mas hoje finalmente parece que uma luz se acendeu e eu vi o tanto de coisas que mudaram para melhor. Comecei a ler Pollyanna há uma semana e já tá fazendo efeito kkkkkk


Bisous, que amanhã tem gente aqui que tem francês! :*

I've...

[Quinta-feira, 11 de abril de 2013]

...never felt so alone in my life.

meu mais novo propósito

[Terça-feira, 09 de abril de 2013]

Conseguir entregar essa monografia ainda esse semestre, no mais tardar começo do semestre que vem, pra poder jogar o que resta das minhas férias pra outubro pra poder viajar pra ver Black Sabbath em POA e emendar com a Oktober Fest: mesmo porque #RIR não vai rolar pra mim, e eu preciso de uma vingança à altura. E eu não vou me perdoar se eu não comprovar, depois do Ozzy, que o Tony Iommi e aquela guitarra dele existem #ouié

Gente, vocês não tem noção do quanto eu realmente empolgar de viajar pra ver um show é um bom, ÓTIMO sinal, sério mesmo o/

Tô TÃO bem...

[Sexta-feira, 05 de abril de 2013]

...que minha menstruação veio 10 dias antes do esperado.

De duas coisas ela estava convicta...

[Quinta-feira, 04 de abril de 2013]

1. ela era a principal responsável por sua própria felicidade - e deveria agir como tal daqui para frente;
2. ela queria ser sua própria inspiração.

Layout

[Quarta-feira, 03 de abril de 2013]

esse layout me irrita porque não tem como ver a data das minhas postagens: mas, como não vai rolar de trocar porque eu acho ele TÃO #minhacara, me lembrem só de pôr a data no início de cada post? Brigada.


UPDATE: já fiz isso com todas as postagens desse mês

Insight

[Quarta-feira, 3 de abril de 2013]  

Percebo, agora que parei com os remédios pra TPM, como eles realmente funcionavam: e agora me pergunto se remédios "de verdade" também não me ajudariam. Sei que tenho um propósito de chegar aos 30 sem precisar apelar para nada disso, ficar só na melhora da alimentação e na endorfina da atividade física (que, no momento, não tem como rolar), mas. Às vezes eu penso no quão cansativo tem sido isso tudo, principalmente no sentido de ME agüentar. Estou muito sozinha, e a culpa disso é minha: porque a culpa de absolutamente tudo é minha e, depois dos episódios de domingo e de ontem, vai ser meio difícil eu me convencer do contrário de novo. Voltando. Às vezes eu só queria não sentir tanto tudo isso, ainda mais por algo aparentemente banal. Dói, e eu não tenho amigos por perto nem um ombro para chorar nem um colo para deitar nem, principalmente, alguém com quem eu possa conversar sobre isso além do meu psicólogo. Enfim, só queria que nada disso tivesse toda essa importância, esse peso... só queria não me sentir esse fracasso ambulante e simplesmente fazer o que tem que ser feito. No mais, me pergunto se tem remédio para isso: literalmente.

PS: tuitei ontem que sou péssima com conclusões, nos meus trabalhos acadêmicos, nos meus textos e na vida real... seria cômico se não fosse trágico.

01 pressentimento...

[Terça-feira, 02 de abril de 2013] 

... de que meu tema de monografia é uma coisa sem pé nem cabeça e ninguém vai querer me orientar e eu não tenho um "plano B" e meu chefe tá me infernizando e próxima aula de francês é prova e as aulas já começaram ontem e eu não sei se vou conseguir me matricular a tempo, quiçá me formar ainda nesse semestre.

Porém/Conutdo/Entretanto/Todavia, lembrando que meu 3º mandamento (criei uma lista de mandamentos para a monografia, tão séria a coisa toda se tornou) é "não vou sofrer por antecipação" e que eu tô na TPM mais fodida de todos os tempos e as circunstâncias não tão exatamente ajudando, vou ignorar tudo isso.

Porém, vendo o lado positivo das coisas... [2]



Yes vem pra Brasília e minha vida vai voltar a fazer sentido, assim como em 2007. Três horas de show para chorar até desidratar, vai ser LINDO.

Porém, vendo o lado positivo das coisas...

[Segunda-feira, 1º de abril de 2013]

...na atual conjuntura, acho que me afogar nos estudos vai ser uma ótima válvula de escape.

FATO [2]

[Segunda-feira, 1º de abril de 2013] 

Talvez eu deva pedir novamente a receita da fórmula pra TPM que minha nutri tinha me passado... mês passado fiquei feliz por ela ter suspendido e ter menos um pra ter que me lembrar, além de economizar uma grana, mas, por Deus, tá FODA.

FATO

[Segunda-feira, 1º de abril de 2013]

eu sou uma pessoa horrível e se eu acabar morrendo sozinha vai ser muito bem feito, eu mereço: sou tão ruim que machuco até a mim mesma, principalmente a mim mesma.