É MUITO amor, sabe.


SIM, a foto é minha :P

Ficar sozinha numa fila (até aparecer o ex de uma amiga minha, que também tinha ido sozinho, pra me fazer companhia e me livrar de ouvir o papo CHATO do cara atrás de mim) enquanto meus amigos não chegavam, de repente me lembrar que, como diz a comunidade do orkut, eu "amo metal, mas odeio metaleiros" (rezem pra eu não morrer no Ozzy, okãy - principalmente levando em consideração que quem vai abrir é Sepultura), passar o maior calor do mundo na sauna que era aquele lugar (sorte da Tarja que ela tinha ventilador hahaha) no meio daquele bando de homem CHEIROSO #NOT.

Mas ouvir Wishmaster na voz da Tarja (e foi justamente nessa música que ela apontou pra mim). Vê-la assim de pertinho (no fim do show eu já tinha conseguido me infiltrar na "3ª fileira") e me lembrar das incontáveis vezes que eu assisti o DVD "From wishes to eternity" divagando sobre se, um dia, eu teria a sorte de ver aquilo ao vivo.

E aqui, na minha cidade, estava ela... LINDA, mais simpática impossível falando português o tempo todo ("estou muito, muito contente": FOFA) e com a voz mais linda e perfeita que eu já ouvi. <3

Valeu muito, MUITO a pena. <3


0 Responses