Ainda na vibe da playlist das antigas...


É só que, tocando no modo aleatório, tocou essa música e eu lembrei desse vídeo, que é da época da playlist que tá me deixando nostáligica além da conta! Nunca tive um começo de ano tão bom como foi o de 2008! Enfim, tive palas infinitas com esse vídeo, sempre assistia quando tava tendo uma crise de stress no trabalho pra descontrair! Não consigo ouvir sem querer imitar os movimentos dos teletubbies hahaha!

pq o quadro desse fim de semana se chama...

...depois que passa (a ressaca) a gente ri.




Assim, depois de dois dias de atestado médico, minha semana começa amanhã. Desculpa aí a ausência! (y)

BTW, não falei demais nem chorei! Mas tive uma pala de colocar Perfect Strangers pra tocar no player do meu cel no último volume no caminho pra casa, isso três e pouca da matina de domingo pra segunda! :D


ouvindo: Red Sector A - Rush

achei uma playlist que eu criei há mais de dois anos, pra uma viagem, e tou miacabando!

Meu quadro MAIS colorido o/



Foréva!


Deveras preocupada com meu comportamento alcóolico o.O
Já tem um tempinho que eu não bebo "que nem gente grande", então vai saber...
Mas nas últimas vezes que eu bebi, "descobri" que eu dei pra ficar BEM falante e chorona e isso, bem, não é NADA bom nas atuais circunstâncias... ainda bem que a gente tá entre a gente mesmo o/

Brasília 5.0


"Dizia ele - Estou indo pra Brasília
Nesse país lugar melhor não há
Tô precisando visitar a minha filha
Eu fico aqui e você vai no meu lugar
O João aceitou sua proposta
E num ônibus entrou no Planalto Central
Ele ficou bestificado com a cidade
Saindo da rodoviária viu as luzes de natal
- Meu Deus mas que cidade linda!
No Ano Novo eu começo a trabalhar
Cortar madeira aprendiz de carpinteiro
Ganhava cem mil por mês em Taguatinga"*



Perdi meu post INTEIRO - incrível, o Blogger sempre salva a cada 30 segundos! Mas espero que esse trecho demonstre o que eu sinto por Brasília.


É bom, que, ao menos uma vez por ano, a mídia consiga evidenciar a alegria de quem vive em Brasília, tendo nascido aqui ou sido acolhido por esse coração de mãe tão pequeninho, mas que a cada dia abriga mais um, da parte do Brasil que for! A política é feita pelo país inteiro, não é só o brasiliense que vota. Espero que quem pense assim um dia tenha a oportunidade de pisar nesse Planalto e ver que essa cidade tem MUITO mais que o Congresso Nacional, arquitetura moderna e funcionalismo público. É difícil explicar pra quem não mora em Brasília ou nunca esteve aqui a beleza desse céu mais lindo, a cultura que se respira aqui e a vida que pulsa nesse lugar - que corre nessas veias em formato das famosas tesourinhas, que só quem vive aqui entende a lógica!

"As pessoas são frias". Frio é o caralho, aqui a gente vive todas as estações, num só dia hahaha! Aliás, só quem vive aqui percebe o quanto sente falta do clima seco quando passa o tempo que seja fora! Acredito que, apesar de tudo o que se fala, Brasília tá longe de ser essa ice queen.... A gente estranaha quando um doido qualquer puxa papo no metrô, é fato... mas como chamar de frio um povo que, apesar das atribulações do dia-a-dia e do trânsito cada vez mais congestionado (quase metade da cidade tem carro!), sempre dá um jeito de se reunir nos barzinhos pra encontrar os amigos e ir ao Parque da Cidade com a família nos finais de semana?! Uma cidade que até lembra o interior porque a gente sempre encontra um conhecido! É como diz a comunidade no orkut, "Brasília tem 3 pessoas: eu, você e alguém que a gente conhece"...


Não pode ser fria uma cidade que surgiu com a promessa de ser a "capital da esperança" e que, através de seus habitantes, represneta o país inteiro. Espero que, nos próximos 50 anos, Brasília seja vista como uma cidade, que é a capital do Brasil, no fim das contas, e não só a sede do governo, governo com representantes escolhidos por habitantes do Brasil inteiro... que se consiga enxergar esse pôr-do-sol, e não só o que acontece dentro do congresso o/




O outro post tava BEM melhor, mas paciência... O importante é que eu não preciso de um dia específico pra expressar o quanto eu me sinto felizarda por ser brasiliense!


*Desculpa, mas não dá pra postar TODA a letra dessa música! Mesmo porque, se tem uma música que dispensa apresentaçãoes é essa! É incrível como TODO MUNDO sabe de cor, mesmo não tendo uma frase repetida sequer...

Come Back To Me

Ainda na vibe Heep...


"I know I'll find another love in time
But you'll always be there in the back of my mind
The power of love can bring such pain
I still love you
I just love you"

"lonely nights"

Tá. Às vezes (e não são poucas) a vida parece uma baita piada sem graça, quando não é de humor negro. Mas. Nesse caso. O fato é que eu sou uma farsa, #prontofalei.

Não adianta dizer pra vida que eu já cansei dessa brincadeira de mau gosto, ou olhar pra cima perguntando a Deus o porquê. Porque, no fim das contas, eu tô aceitando de bom grado... acredito até que, de certa forma, esteja atraindo isso. Eu simplesmente não consigo ver outra explicação pro fato de acontecer exatamente quando eu acho que eu não vou aguentar mais...


Eu comentei que eu andei gastando dinheiro, néam?! Poisé, isso inclui minhas moedinhas da sanidade! Sabe, é que eu não aguentava mais ver meu lar TÃO certinho... tanta racionalidade, tantas listas de obrigações, tantos calendários me lembrando de prazos! Tanta coisa pra pôr em ordem, no fim das contas, e finalmente recuperar minha sanidade. Mas, nesse processo, percebi que tava faltando cor no meu lar; nesse processo, de repente me dei conta que eu não sei onde foram parar meus quadros coloridos e que eu esfreguei tanto as paredes que não restou nada além de cinza e preto e branco... E, na boa, eu não sei viver assim! Já não bastasse viver sozinha, agora ia viver sem sequer me lembrar de como é o arco-íris, só tendo vislumbres de dias nublados pra me lembrar que eu tenho mais é que cuidar de mim e me proteger do mundo lá fora?! O CARAMBA! Desculpa aí, Vida, Deus, Destino, Carma! Mas tem que rolar um meio termo aí! E, se pra isso, eu tiver que gastar minhas moedinhas da sanidade, que assim seja... Afinal, dinehiro é pra se gastar! Lógico que não vou torrar tudo, aprendi muito com a experiência das doses e da sor subsequente a cada uma delas... Não quero mais nada que me faça mal, dessa vez só quero lembranças felizes, eternizadas em quadros cheios de cor e de detalhes! Exemplares únicos, feitos pra mim... e que ninguém poderá me tirar, porque foram pintados tendo como tema momentos MEUS! Sei que isso sai caro, por isso cada um que eu puder pagar já tá valendo pra trazer mais cor e equilíbrio pro meu lar!

Só sei que eu não canso de olhar pro quadro de ontem! (L)
É, eu sou uma farsa MESMO! Uma farsa que gosta de cor e música. (Y)


pq não podia faltar a trilha, né?
E, nessa história em particular, nada mais apropriado que Heep!
ADORO demais... inclusive as baladas mais "bregas", amoamoamo


"[...]

I hear every word you're saying
They're all lies
But with every breath you're taking
You're thinking of
ways to say good night

Oh, baby! I just can't stand
Another lonely night
So come on over and save me
Save me from another lonely light
Come on over
Come and save me"

Engraçado como eu sempre pulo essa música no meu player... aí hoje simplesmente deixei rolar e vi que tinha TUDO a ver com esse momento o.O

por isso eu digo que #amúsicaescolheapessoa e não o contrário o/



Boa semana!

Selo de excelência

Gentem, meu blog mais um selo de excelência (o primeiro ganhei da Monike, só não postei pq não entendi as "regras" :$), dessa vez do Zahir!



As regras desse são as seguintes:


1-Linkar o blog que ofereceu o selo.

Lá em cima, é só clicar no nome dele. Ou no LOVE ROCK LIVE, na minha coluna de Sigo os bons aí do lado o/


2-Dizer porque seu blog é um blog de excelência.

Boa pergunta, hahaha! Na verdade, fiquei bem surpresa com a quantidade de visitas e comentários recentemente. Criei esse blog depois de tomar "abuso" do fotolog, onde muita gente só comentava sobre as fotos! E eu realmente sempre gostei de escrever, então decidi que não ia mais escrever pras paredes e resolvi ter um espaço onde, apesar dos infinitos recursos, o que eu escrevesse fosse o principal foco. E as portas sempre estiveram abertas a quem quisesse visitar meu lar, mas eu nunca fiz propaganda nem nada parecido pra ter cada vez mais seguidores que só contariam como número. Então, quem tá aqui, tá aqui porque gosta do que lê e não só por causa do meu cabelinho-vermelho-fodástico o/


3- Indicar 7 blogs que vc considere de excelência.
 
Vou indicar blogs que não vi serem indicados por ninguém que eu sei que ganhou esse selo...
 

Skazi


Não tenho mais saco pra rave, mas Skazi é Skazi! Tive o privilégio de conferir ao vivo no final de 2006 e sempre aguardei ansiosamente pra ver novamente aqui em Brasília...

E eis que fim de semana passado eu vi o cartaz da Play desse ano... e eis que SIM, finalmente, vai ter Skazi! E eis que esse ano não vai ser aqui em BSB, mas em GYN... e eis que vai cair bem no dia da prova do concurso da Aneel! E como o cargo a que eu tô concorrendo paga só o dobro do meu salário, não tem nem o que pensar... aiai, passei perto o.O


Enquanto isso, eu continuo curtindo no meu player! Não ouço sempre, mas quando tô desanimada ou entediada e não quero saber de chorar ouvindo música, vou de Skazi!

Pra quem não sabe, o Asher tinha uma banda de heavy metal! O estilo é único e o som é pesado; vale a pena conferir! E, pra quem puder, ao vivo o/


Veja se a Playground 2010 passa pela sua cidade!

O diferencial da Play pra outras raves é o fato de ela acontecer num parque de diversões! E eu particularmente acredito que vale MUITO a pena deixar a criança dentro de nós se divertir sempre que aparece uma oportunidade... Só não vou a parques de diversões com mais frequência por falta de companhia, hunf! Mas em 2008 a galera empolgou, ó







Roqueiros na rave!










"Aquecendo" antes de entrar na Play 2008. Entramos às 3 da matina e saímos às 09h00, saudades de quando eu tinha esse pique hahaha


Ouvindo : Lift Me Up - Moby

tocando no site de Play
E hoje rola de graça aqui, mas nem animo que nem conheço direito e vai ser longe bagarái (y)


E amanhã tem Simply Red mas tá CARO O.o
Ainda bem que eu já vi em 2003, um dos melhores shows da minha vida *-*

Acho que Megadeth também nem vai rolar
ainda não tenho companhia e o Aerosmith me deixou falida e meia!

Desilusão músico-amorosa


Para quem não consegue enxergar beleza em alguém depois de ler/ouvir:



"até gostei da musik q vc me mando do pink floid la so que ela é meio doida kkk vc é meio doido né até suas musik é meio doida rsrs fora q eu prefiro em portugues se nao num da pra entende nada kkk"


"amo musica nossa senhora musica faz parte da minha vida num sei o que seria de mim sem musica, na verdade sou muito ecletica, qualquer tipo de musica mi agrada, se to numa festa e ta tocando funk eu curto atéé é bom pra dança ng consegue fica parado rs"


"nossa eu AMO engenheiros... q musiks conheço? ahh tem aquela pra se sincero, axo q tem tb o astronauta de marmore, aaaa eu num lembro mto os nomes das musik +++ se eu ouvi eu lembro"


-Ai, pega essa musik q eu lembro do dia q a gente se conheceu rsrs


*(L) Bruna (L) deseja lhe enviar Rick_E_Renner_-_Saudades_do_nosso_amor.mp3*


-Manda por email, to fazendo uns downloads aqui...


-Eu nums ei manda por email vai aceita ai

- ¬¬

 
minha cara essa comunidade, hahaha!

Coming Back to Life


Onde você estava quando fui queimado e despedaçado
Enquanto os dias passavam pela visão da minha janela
Onde você estava quando fui ferido e estava indefeso
Porque as coisas que você diz e faz me rodeiam
Enquanto você se agarrava às palavras de outro
Morrendo pra acreditar no que você ouvia
Eu estava olhando fixamente bem para dentro do sol brilhante

Perdido no pensamento e perdido no tempo
Enquanto as sementes da vida e as sementes da mudança eram plantadas

Lá fora a chuva caía escura e devagar
Enquanto eu refletia sobre esse perigoso porém irresistível passatempo

Eu fiz um passeio paradisíaco através do nosso silêncio
Eu sabia que o momento havia chegado
De matar o passado e voltar à vida

Eu fiz um passeio paradisíaco através do nosso silêncio
Eu sabia que a espera havia começado
E fui direto...pra dentro do sol brilhante

 
Dia desses achei o P.U.L.S.E e percebi que não conseguia parar de ouvir essa música em especial; hoje, então!
 
 
pq não é de hoje que eu tô sentindo essa solidão, essa tristeza, esse desânimo e, cada vez mais, essa vontade de deitar na cama e não precisar pensar em levantar tão cedo o.O
 
O mais estranho é que eu tô passando pela fase mais racional de que eu tenho lembrança, consciente do que eu quero ao menos no médio prazo, do caminho que eu tenho que percorrer pra isso e de cada passo que eu tô dando. Fazendo planos atrás de planos, a mente, a mil por hora! Finalmente eu entendo o valor do tempo e o quanto é importante aproveitá-lo com o que e quem vale a pena! As circunstâncias melhoraram e MUITO, agora é só questão de me organizar pra poder disfrutar disso tudo; até agora não acredito que eu tô quase quase chegando no que eu imagino que seja o lar que eu estive procurando depois do vendaval do ano passado, o meu lar!
 
 
Então eu passei especialmente esse fim de semana tentando achar o motivo de tanto "borocoxismo", mal humor, estresse e essa melancoliazinha safada! Até que eu prestei atenção na letra dessa música... que me lembrou daquele momento menos racional dos últimos tempos; que acabou, mas na hora certa, assim como ele veio, e pelo qual eu serei eternamente grata!
 
Tudo o que eu quero é voltar à vida. Mas não batsa tá tudo certinho. Falta AQUELA coisa a mais. Aquela coisa que faz você de repente acordar cantando, rir à toa e sentir que sua vida virou uma montanha-russa daquelas cheias de loops - mas que são justamente as que mais dão frio na barriga e as mais divertidas!
 
 
Enfim, enquanto nada acontece eu me consolo com Pink Floyd. Pra melhorar, só a companhia de uma cerveja, outra coisa que tá fazendo falta, ô, se tá!
 
 
 
 
 
 
 
 
 
[foto véia bagarái (ainda tinha franjinha) mas que eu ADORO]

momento #amúsicaescolheapessoa do dia

"Confessions of a shopaholic"


Engraçado como esses dias quase comprei o DVD desse filme pelo Submarino; acabei deixando pra depois pra pegar uma promoção com frete grátis e, quando fui ver novamente, não tava mais disponível!


Quem me conhece bem sabe que eu ADORO o que eu chamo carinhosamente de "livros de mulher encalhada"; os que viram filme, então o/

O que mais me atraiu em Becky Bloom foi a ironia no fato de ela trabalhar com finanças e não saber controlar seus próprios gastos por causa daquelas comprinhas "básicas", exatamente como, ãh, EU (devia adotar também o hábito de beber tequila na hora que chegam as contas, HAHAHA!)!


Hoje eu já aprendi a controlar BEM mais o impulso (com exceção talvez das liquidações da Ávida - aquela cena dela brigando pelas botas Pucci sou eu na Ávida! - e das promoções de livros e DVDs no Submarino - essa semana acabei comprando a 1ª temporada do Gossip Girl, apesar de ainda ter umas cinco temporadas de seriados variados esperando pra serem assistidos) e a fazer comprar compras direito... ou seja, parei com o barato que sai caro e invisto meu dinheiro comprando o melhor que ele me permite. Assim, faço por volta de umas duas ou três boas compras grandes durante o ano (um pouco mais de sapatos; também me identifico com a Carrie Bradshaw, rs): uma durante a liquidação de começo de ano e outra na liquidação de inverno. Mas, nesse ano em particular, tive que renovar o guarda-roupa de praia (que era praticamente inexistente, visto que eu só vou uma vez ao ano - não uso piscina, evito por causa do cabelo - e passo só uma semana) e o de trabalho (mudei de setor há um mês e no novo local o visual é mais formal); ou seja, já gastei bem mais do que eu pretendia. Mas. Não aguentei esperar a liquidação de inverno. Afinal, já faz uns dois anos que eu não compro uma bota...

(In)felizmente, eu não trabalho mais a duas quadras de um shopping (um dos motivos por eu ter parado de comprar por impulso). Então, mesmo que eu esteja "precisando", a dificuldade de ir a um shopping no dia-a-dia com tempo suficiente pra fazer uma boa compra acaba me desanimando... Mas. Quando é pra ser, a divina providência interfere...


Acontece que meu oftalmologista fica justamente no prédio desse shopping próximo ao meu antigo local de trabalho. E, diferentemente da última vez, agora eu tive que dilatar a pupila. O médico disse que eu não poderia trabalhar e me deu um atestado. E, como eu tava só e não ia conseguir pegar um ônibus pra ir pra casa tão cedo, decidi dar um tempo no shopping. E. Confesso que, no fim das contas, acabei não comprando a(s) bota(s)  - sapato NUNCA é demais, gentem. Todo mundo sabe que, quando a gente sai pra comprar alguma coisa específica, compra TUDO... menos o que você pretendia no começo o.O


Bem, minha intenção hoje era procurar uma summer boot com tachinhas, repor o estoque de absorvente, comprar meu sabontete líquido e uma caixa de alfinetes pra enfeitar a baia do meu novo local de trabalho com fotinhas. E, se sobrasse dinheiro, um blazer verde modernoso que eu comecei a namorar há dois dias mas que tava meio carinho... mas que era uma peça que daria MUITO mais estilo a qualquer roupa, então valia a pena.

E minha confissão de shopaholic de hoje é que eu comprei...
... meus olhos dourados;
... três sapatos numa liquidação da Ávida fora de época;
... cinco blusas que dão pra trabalhar e ir pra UnB, dilemão que eu tava enfrentando;
... um vestido preto que dá pra trabalhar e sair pra dançar (afinal, retomo as aulas de zouk/salsa e começo dança do ventre semana que vem - iria começar amanhã/hoje, mas é dia de mutirão de vacinação);
... metade dos acessórios da coleção da Nicole Pussycat lá da C&A;
... uma bolsa preta, coisa que eu não comprava desde que eu entrei na UnB;
... uma jaqueta perfecto de couro sintético.


E fazia tempo que eu não me sentia TÃO bem! Hoje eu já não sinto a culpa que sentia antes. Tenho orgulho de mim mesma ao ver o quanto eu aprendo mais a cada dia a fazer boas compras... Pesa no bolso, mas às vezes é necessário. Tem gente que acha futilidade, mas eu particularmente não me sinto bem se não estiver bem vestida e com estilo. Que me chamem de consumista, patricinha, mulherzinha... Que me olhem de cima a baixo como seu eu não fizesse mais nada na vida além disso. Só espero que essas pessoas estejam tão bem resolvidas nesse quesito quanto eu. O dinheiro é MEU e sou EU que tou pagando minhas contas. Ponto. E quem joga no mesmo time, toca aqui e comecem suas confissões também! ;)


Isolation Years

"In isolation she talks about her love
And as I read 'I'll die alone'
I know she's aching"

[Isolation Years - Opeth]


tou com AQUELA sensação - que parece que não vai passar nunca - de que eu vou morrer só.
E no momento, nada mais parece ter importância.


Não achei vídeo original, mas vou pôr esse pra quem quiser ouvir o áudio; adoro as baladas do Opeth, axo que têm um quê de Pink Floyd....

All this things that I've done


"Outra dor de cabeça, outro coração partido
Eu sou muito mais velho do que eu posso aguentar
E meu afeto, bem, ele vai e vem
Eu preciso de uma direção para a perfeição, não, não, não, não

Me ajude
Sim, você sabe que tem que me ajudar
Sim, oh, não me tire da lista de prioridades
Você sabe que tem que me ajudar"

 
Não sou fã de alternativo e, como diz a comunidade do orkut, "tenho preguiça de ouvir" bandas novas (leia-se: do fim dos anos 90 pra cá).  Dizem que os aquarianos estão sempre à frente dos demais signos do zodíaco mas, nesse caso, o bom gosto do meu ascendente em libra fala mais alto! Mas, ouvindo no carro de amigos, baixei The Killers há um mês e tou realmente curtindo, essa (que eu já ouvi umas dez vezes hoje) e Why do I Keep Counting, outra que "me escolheu" em 2008, não saem do meu MP4...
 
Outras "modernidades" na minha playlist no momento:

- 30 Seconds To Mars [e emo é o caralho];

- Alter Bridge [deprê e pesado ao mesmo tempo, ATÓRON];

- Kaiser Chiefs [perdi a conta de quantas vezes pirei bêbada com Everyday I Love You Less and Less];

- Lady GaGa [me rendi, baixa a bee mim quando eu ouço];

- Muse [conheci ano passado porque eles vieram pro Porão do Rock - e eu não fui - e realmente gostei; atualmente viciada na música do Crepúsculo - Supermassive Black Hole];

- Nickelback [essa eu amo de paixão MESMO, vindo pro Brasil pode ter certeza que eu vou fazer alguma loucura pra ver ao vivo];

- Scott Stapp [como fã que sempre fui do Creed não podia faltar, The Great Divide e Relearn Love são perfeitas];

- Xavier Naidoo [fugindo do róqui - onde Lady GaGa também não se encaixa - as músicas dele não só "dão zouk" como são umas das que mais tocam nesse tipo de balada- na versão original mesmo, sem remix].